5.11.08

Preto no branco

Para que depois não digam que eu não sou um gajo atento ao que se passa no planeta, eis o paradoxo:

Nunca um dia negro trouxe tanta expectativa positiva ao mundo*.






*Incluindo à Dona Alzira, que tomou o pequeno almoço no café a meu lado e disse estar muito contente pelo Sr.Alfama que lhe fazia lembrar um moço dos Correios que tinha sempre um sorriso para ela.

7 comentários:

  1. Sugestão para banda sonora:
    A tribe called quest "Can I kick it?"
    (yes you can...)

    ResponderEliminar
  2. Outro paradoxo: "Um preto na Casa Branca?"

    ResponderEliminar
  3. Isso já cheira a Restaurador Olex ;)

    ResponderEliminar
  4. maior paradoxo que à frente dos EUA está um preto, muçulmano e ainda por cima democrata?

    ResponderEliminar
  5. Ele não é muçulmano!

    (por mim até pode ser adepto da cientologia, desde que corra com o Bush dali para fora)

    ResponderEliminar
  6. olha que é... o gajo tenta é disfarçar!

    Quanto à cientologia... hum, acho q aí já surgia em mim o dilema:
    - Bush ou cientologia?
    - cientologia ou Bush?

    Não sei o q seria pior...

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.