29.10.08

Posts com pinta

Eu ia falar sobre o Maradona (e ainda vou), mas valores mais altos se levantam. Até hoje, eu pensava que era criativo. Depois de ter visto o site da empresa Tintas com Pinta, percebi que não passo de um traste... O senhor desta empresa, depois de promoções com presuntos e cordeiros, continua a inovar e até já tem honras de destaque na TSF.

Vejam o site com som e maravilhem-se com a mente humana...

8 comentários:

  1. Será que as Tintas com Pinta também se podem "cheirar"?

    Ehehehehheheh

    ResponderEliminar
  2. Lindo. O vídeo parece a nova campanha da RTP "O futebol está de volta"...

    ResponderEliminar
  3. Não posso deixar de manifestar a minha "desilusão"... Então fazes um post de meia dúzia de linhas a confessar as tuas limitações e logo depois, em vez de um exercício de introspecção, fazes um post de resmas de linhas sobre o Maradona?

    (se bem que o Maradona sempre pode dar mais uso àquelas linhas do que tu)

    Por momentos ainda pensei que pudesse ser desta que ia ler aqui um post de auto-comiseração.

    Pode ser que não tarde...

    ResponderEliminar
  4. A sorte é que eu sou um indivíduo de elevada auto-estima. Passa-me rapidamente a sensação de falhanço...

    ResponderEliminar
  5. ... enquanto fica a sensação de falhado?

    :P

    Ab

    ResponderEliminar
  6. Um galo pica-no-chão não é um galo já morto e cozinhado no próprio sangue??
    Compram-se 12 litros de tinta e vem amarrado às latas, um Tupperware manhoso com o galo? A ASAE sabe disso?

    Ps.Mak tens que te decidir, ou és um criativo ou és um individuo com elevada auto-estima.

    ResponderEliminar
  7. Minha cara miss, a lata de me considerar criativo já presume essa elevada auto-estima, nem q seja eu o único a acreditar nisso ;)

    ResponderEliminar
  8. ahahahahhahahhahahahhaha
    Maravilhoso, a cereja no topo do bolo de uma 6ª feira não-tão-chuvosa.

    Também senti a minha criatividade mingar... mingar... mingar...

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.