19.9.08

Spam, machismo e outras questões imbecis

Para quem só tenha desenvolvido polegar oponível há relativamente pouco tempo ou não tenha fácil acesso à internet na caverna onde reside, vou discorrer brevemente sobre o que é o Spam.
Por Spam entende-se todo lixo informático que não pedimos e nos chega às caixas de email o que, no meu critério, inclui chainletters manhosas e composições com fotos de bebés, gatinhos e outro tipo de bicharada. Mas, confesso que me intriga um pouco a maioria da temática dos mesmos.

Entre os senhores responsáveis pelo envio do Spam, há uma conclusão assumida sobre o que preocupa os homens em geral – Aumentar a conta bancária e o tamanho do pénis (não necessariamente por esta ordem), reduzir as dívidas e enfardar Viagra como se não houvesse amanhã. Aliás, fossem resolvidos esses três problemas e não só o Spam deixaria de ter razão para existir, como a felicidade da Humanidade aumentaria exponencialmente.

“Enlarge your penis”, “You won a National Lottery”, “Cheap Viagra” ou “Consolidate your debt” são de facto propostas diárias que um gajo tem na sua mesa virtual. Seria interessante pensar num Spam único que englobasse as propostas numa só, do género “You won a National Lottery, so you can consolidate your debt and use the rest of the money to enlarge your penis and get cheap Viagra”.

Mas, o que e eu gostava mesmo de saber é se o Spam é machista. Será que as mulheres têm, diariamente, de lidar com Spam que não se preocupa com as suas necessidades? Que só pensa em sexo e dinheiro? Ou o Spam mais inteligente sabe agradar a uma mulher, recomendando “Buy beautiful flowers”, “Pick nice restaurants and spas that treat you like a queen” “You won a trip to the NY Fashion Week”. Aposto que o Spam que mantém uma mulher feliz tem mais hipóteses de depois vender o Viagra e tratar das questões íntimas de grandeza...

Prodigy, Spam my bitch up

9 comentários:

  1. O Spam é machista e só pensa em sexo. Confirma-se. Confirma-se ainda que lhe falta algum CRM. Eu continuo a ser surpreendida com e-mails de Viagra, "enlarge your penis" ou loja do sexo. O único que se poderia adequar mais ao público feminino seria "Choose your date for tonight". Em resumo, não agrada aos homens nem às mulheres só aborrece.

    ResponderEliminar
  2. Bah e eu a pensar que a caixa de email feminina tinha outro je ne sais quois ao nível de spam...

    ResponderEliminar
  3. Eu tenho um amigo transexual que recebe spam a dobrar.

    ResponderEliminar
  4. Sabes q só os futebolistas falam de si na 3a pessoa n sabes Kinder?

    ResponderEliminar
  5. "Será que as mulheres têm, diariamente, de lidar com Spam que não se preocupa com as suas necessidades? Que só pensa em sexo e dinheiro?"..ó mak, as necessidades femininas e masculinas n sao diferentes nesse campo...tal cm os homens tenho necessidade de dinheiro...e de sexo!

    ResponderEliminar
  6. Cara anónima, por quem sois? Como é óbvio, essas necessidades são unissexo, o ângulo de abordagem é que deve ser diferente.
    Como podes ver, na conclusão do post, o que eu digo é que há melhores formas para chegar de A a B. E nisso sim, o SPAM é claramente machista...

    ResponderEliminar
  7. Vendo 35 caixas de viagra com data de validade a expirar, por apenas 17,90 euros.

    ResponderEliminar
  8. Olha, caro Mak, o pior spam é aquele que não se pode deletar. E msgs como "quer ser magra?" "é jovem"? "é uma boa esposa/dona de casa/amante?" "tem celulite?", "não deixe que a lei da gravidade faça das suas" invadem-nos todos os dias, das mais variadas formas, e sem pedir licença...
    Agora, se vocês não querem receber disso, está bom de ver: tenham cuidadinho nas salas de bate papos, e noutros sites lúdico-recreativos.

    ResponderEliminar
  9. Odeio o spam, sobretudo quando tem a ver com merdas sexuais, por isso, assim que o vejo no meu email, apago-o logo... ;)
    Esse tipo de spam é um reflexo superior da sociedade machista em que vivemos.

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.