10.9.08

Só à chapada

Mudar de hábitos não é fácil. Se fosse, não se chamavam hábitos. Tendo em conta que é muito difícil convencer um idoso de que não é necessário forrar a casa de sacos de plástico para prevenir o fim do mundo, muitas cadeias aproveitaram o filão ecológico para encher a mula à conta da cobrança dos saquinhos de plástico.

Todavia, o fascínio do cariz multiusos do saco de plástico perdura. Afinal, se o saco dura centenas de anos, porque não tentar preservar o ambiente dentro de um?

Fazem falta umas quantas chapadas e sou gajo para ser voluntário a distribuir...

1 comentário:

  1. também gosto de apreciar um conjunto de romenos com sacos do lidl na mão

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.