8.5.08

Ponto de v(m)iragem

Quando uma jovem, aparentemente pouco mais nova do que eu, numa situação que dispensa formalidades se dirige a mim com os termos “O senhor isto”, “O senhor aquilo”, quer dizer que alguns cabelos brancos e a capacidade de articular um discurso correcto e palavras com mais de três sílabas me confere uma aparente maturidade?

Ou, por outro lado, deverei entender isto como um sinal que o meu potencial de enganar pessoas atingiu uma tal respeitabilidade que está no ponto certo para me poder começar a dirigir a bancos e instituições semelhantes ou até enveredar por uma carreira política?

É difícil ser cínico, quando as pessoas não são explícitas.


Conferindo (pouca) maturidade sonora – Violent Femmes, Gone Daddy Gone

4 comentários:

  1. O senhor não faça uma coisa dessas! Se começa nas falcatruas ainda fica sem tempo pra escrita.

    Grande tema. Realmente de maturo não tem grande coisa, desde a letra ao timbre da voz e o solo de xilofone, mas já tinha saudades de o ouvir.

    ResponderEliminar
  2. Isso aconteceu-me neste halloween, onde os "miúdos queridos" passaram a ser "raio dos miúdos" depois de dizerem "A senhora quer doçura ou travessura?"

    ResponderEliminar
  3. Quando isso acontece, é o princípio do fim... Não tarda passas de rapaz interessado para velho tarado...;)

    ResponderEliminar
  4. Vê as coisas pelo lado possitivo! Pode mm estar ma hora de dirigires bancos e até xegares a presidente da república! O céu é o limite! lol

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.