5.5.08

LegoKea

Já muito se falou sobre o Ikea. Desde o conceito, à pronunciação do nome da firma, passando pelas procissões ao estabelecimento, pelos momentos de diversão proporcionados pela montagem de mobília chez nous ou até pelo facto do velhadas sueco que se lembrou de juntar as palavras design, mobília e barato estar nos 10 primeiros entre os mais ricos do mundo.
No entanto, aproveitando este fim de semana grande, resolvi conhecer melhor a localidade de Alfragide e descobri que não é preciso entrar no IKEA para experienciar a essência do humor nórdico.

Para quem não sabe, é no parque de estacionamento desta serralharia sueca que se passam grandes momentos. E com esta expressão não me refiro a vidros embaciados e espectáculos de contorcionismo. Tem tudo a ver com a junção entre dois símbolos da Escandinávia: Lego e IKEA.

Comprem pipocas, escolham um bom lugar e depois vejam como famílias inteiras tentam dobrar a avó em três para caber no banco de trás junto ao aparador Svandall. Ou como os pais explicam ao filho de 4 anos porque razão vai ter de ir de autocarro até ao Prior Velho, pois as cadeiras Monstrig e a mesa Olofund não sabem comprar módulos.

Esperem mais um pouco e a emoção não pára. Um jovem com dotes de matemático/engenheiro tenta convencer a namorada, de que o Clio tem espaço suficiente para levar toda a mobília de quarto que compraram. Infelizmente, ela não responde, já que o seu crânio foi perfurado por umas calhas Dimvig que o moço tentou enfiar através da bagageira. Apenas a 10 metros de distância, a estante Porkfund mostra toda a sua versatilidade, servindo de maca para o avô Fagundes, que tentou mostrar a sua boa forma e força para encaixá-la entre o andarilho da esposa e o tejadilho do Fiat Uno e falhou miserávelmente.

Finalmente, depois de tanto tempo, percebi que essa história do “Vá para for a cá dentro” pode realmente ser divertida. E nem sequer é preciso passar da porta.

Ecoando nos Fiordes - Royksopp, Remind me

8 comentários:

  1. I ke a moviflor não é assim tão má...

    ResponderEliminar
  2. E, onde se fala em moviflor há sempre Nes....

    Toma lá para n vires com piadas matinais.

    ResponderEliminar
  3. As coisas com que tu gostas de te entreter... :)

    E o teu word faz o mesmo que o meu com a palavra for a.

    ResponderEliminar
  4. Há muito tempo que não vinha aqui e estou a ver que a parvoíce continua a mesma! :D

    AR

    www.antonioraminhos.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Tão deprimente ir ao ikea ao fim de semana...

    ResponderEliminar
  6. Diria mesmo que é uma das piores ikeas...

    Ps- só pela piada do "nes" desejo que te calhe um sales folder!

    ResponderEliminar
  7. De facto o pessoal compra, compra, e esquece-se que o Smart que deixaram no parqueamento não tem, sequer, espaço para aquela caixa de deliciosas almôndegas congeladas com molho (que compraram à saída), quanto mais para aquela insonsa estante Billy que compraram para meter os DVDs que saem nos jornais...
    (...a realidade acima descrita está longe de corresponder aos meticulosos hábitos consumistas do autor. Só pra que saibam.)

    ResponderEliminar
  8. eu tive ideia para abrir um negócio no parque de estacionamento do ikea. Faria carreira de arrumador de carros mas em vez de arrumar os ditos dos carros dava dicas de como por o sofá ystävä=amigo em finlandês (a imigração já está a marcar pontos) dentro do smart for 2. um sucesso, tão popular que até já temo pelos chungas que a irão usar já no próximo domingo.
    bem, não vale a pena ser gananciosa, tb não estou aí para beneficiar do negócio e como aqui até há duas ikea, posso abrir logo uma sucursal, só tenho que convencer um bêbedo qq a ir até vantaa fazer a minha vez enquanto estou em espoo e como bebedos é o que não falta por aqui, estou com sorte...

    mas espera, com um blog só meu venho para aqui debitar texto...

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.