14.2.08

Neste dia seja original, invista em plásticos

Por esta altura, milhares de enamorados pelo mundo inteiro aprestam-se a cortar os pulsos ou, na pior das hipóteses, ver o Benfica a jogar durante uma hora e meia, punindo-se por não terem encontrado a prenda perfeita para o seu mais que tudo.

A caça aos peluches é hoje em dia uma actividade só para duros e há até avisos nos jardins infantis para que os pais não deixem crianças sozinhas com um peluche nas mãos dado o risco de, tal como as focas bebés, levarem uma paulada na cabeça por parte de um entusiasta de S.Valentim.

Quanto aos chocolates, estão para a mulher como a cerveja está para o homem, em termos de danos corporais a médio prazo. Por isso, se não está a planear já o próximo disfarce de Carnaval como barril de imperial ou como clone da Valentina Torres, é melhor deixar as guloseimas para uma próxima ocasião. Isto, se já tiver escoado o stock de chocolates que as suas tias lhe deram no Natal de 2003.

Para quem sorri porque ainda não mencionei os jantares a dois, podem dar descanso ao marfim. Se o jantar for num restaurante, quer mesmo correr o risco de encontrar o seu marido/mulher no mesmo sítio onde vai com o seu par romântico? Se não corre esse risco, pense na grande probabilidade da ASAE interromper o mesmo e estragar o clima, para condizer com a carne que estava a comer. Se planeia jantar em sua casa, vai ter que pedir à sua mãe para vir mais cedo preparar os ingredientes, confeccionar o menu caladinha, não comentar a roupa do seu amor e ver a novela sem som, enquanto os dois tentam aproveitar o espaço que sobra no sofá para andar na marmelada.

Finalmente, o grande segredo de S.Valentim: o poder das rosas. Tal como o mítico Segredo, que vem passando ao longo dos tempos por alguns das mentes mais brilhantes da humanidade, as rosas são a chave do sucesso para o dia 14 de Fevereiro. Não só trarão felicidade à sua cara metade, como à do vendedor das mesmas, que fará neste dia o lucro de dois meses à conta de devotos do arranjo floral. Mas, pensando bem, será uma boa ideia fazer recair a sua escolha num espécime mercenário, que se vende a qualquer tipo de evento, desde a remoção do baço da prima Carminda, ao funeral do avô Libório, ao casamento da vaca da Cesaltina ou a eleição da Miss Famões? Deixo a escolha ao vosso critério, mas vendo bem as coisas, o último milagre com rosas em Portugal já tem alguns séculos.

Por isso, se quer investir no sucesso de uma relação, dê ao cavalheiro um nariz e à dama uma lipoaspiração. Segundo as últimas notícias, as lipoaspirações devido à “tendência para as coxas largas e barriga grande das mulheres portuguesas” batem largamente os implantes de silicone em termos de número de intervenções, ao passo que nos homens é a rinoplastia a operação dominante. Segundo o talhante consultado, isso deve-se: “à carga importante do nariz do homem, que talvez tenha a ver com aspectos relacionados com a masculinidade e virilidade”. Ah, Pinóquio meu malandro, tu é que a sabias toda.

Como podem ver, o sucesso no dia dos Namorados pode ser fácil e marcar para toda a vida o seu parceiro. A solução está nos talentos do plástico, tanto os do cirurgião, como o do cartão que vai pagar por isso tudo.

8 comentários:

  1. Que falta de romantismo. Tss, tss...

    ResponderEliminar
  2. Gostei particularmente da referência à Valentina Torres!...Valentim, Valentina?

    ResponderEliminar
  3. Ainda o melhor é não fazer nada, ficar quietinho e esperar que passe..:)

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. @ sff - Era essa ou o Loureiro, que até tem maior peso, mas só em termos de alarvidade...

    ResponderEliminar
  6. Mente Pinóquio, mente!!!

    ResponderEliminar
  7. Aposto e ganho: não tens namorada!

    ResponderEliminar
  8. Seguindo esse raciocínio, se tiveres em conta o resto do blog verás que esse seria o menor dos meus problemas...

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.