14.1.08

Modelos - Usados mas com garantia

Andar com uma modelo, traço geral, sempre foi prerrogativa de jogador da bola, milionário playboy, artista de renome e, ocasionalmente, cabeleireiro. Toda a gente sabe que o interesse ali não era discutir filosofia, pelo que ninguém questionava muito o status quo. Dinheiro, estatuto e projecção social tendem a aproximar as pessoas e a fazer esquecer que uma delas possa estar a dois neurónios de ter o QI de uma avestruz, a profundidade mental de um selo dos Correios ou um carácter tão nobre como um enchido.

As coisas sempre foram assim e, numa época em que imagem e estatuto são aspectos cada vez mais glorificados pelos meios, não se prevê que venha a mudar. No entanto, surge uma nova tendência. A comparação de políticos a vendedores de carros, daqueles em que o nível de óleo do carro é sempre inferior ao gel no cabelo sempre me pareceu deveras fundamentada.

Deve ser por essa razão que, quando oiço notícias de grandes dignatários internacionais que andam (ou parece que andam) com ex-modelos de renome, não posso deixar de pensar naqueles carros de alta cilindrada, já com bastante rodagem, que depois de uma vida útil em que sofreram algum desgaste na carroçaria e no motor, parecem ter ainda alguma coisa para dar.
O vendedor sorri, pode ser visto com um modelo que, não sendo um clássico, ainda desperta cobiça no mercado e ele já viu coisas bem piores passarem-lhe pelas mãos. O modelo também está satisfeito, pois tem ali uma oportunidade de voltar à ribalta, pode já não ser de topo, pode já não ser tão potente, mas com a pintura renovada ainda parece estar ali para as curvas.

No final de contas, o pior que pode acontecer é o vendedor se distinguir como isso mesmo (um intermediário de craveira) e o modelo, depois de umas voltas nas grandes pistas debaixo dos holofotes, arranjar um distinto novo comprador, que lhe garanta uma reforma dourada.

Despeço-me com um bonito exercício de lógica para começar a semana:

Sarkozy está para Carla Bruni
como
Hugo Chavez está para Naomi Campbell
como
José Sócrates está para...

Auto rádio - I've got you babe - Sonny & Cher (o stand não se responsabiliza por danos actuais nos plásticos deste modelo)

11 comentários:

  1. Olá, como grande admiradora do teu blog, em particular, da fluidez e relevância da tua escrita, não pude deixar de reparar naquele "modar" no 2º parágrafo. A menos que seja um trocadilho com "moda" e "modelo", e se assim for, põe-o entre aspas para não parecer um erro ortográfico grosseiro. Cumprimentos

    ResponderEliminar
  2. José Sócrates está para ..........
    José Sócrates, obviamente!...

    ResponderEliminar
  3. @ Raquel - Agradeço a referência e o apontamento. É de facto uma gralha, não por rude desconhecimento (apesar de me assumir como rude, mas por escrita às três pancadas.
    Está devidamente corrigida e já me auto-infligi 10 reguadas (com algum gozo, confesso) para fazer as coisas com cabeça, tronco e membros ortográficos cuidados.

    @ sff - bah, foste pelo mais fácil, esperava propostas mais arrojadas, essa é a lógica...

    ResponderEliminar
  4. Sócrates está para aquela ex-miss portugal que não me lembro o nome e que depois concorreu a um programa da sic (que também não me lembro o nome) e até parece que ganhou! Só me lembro que o Manuel Serrão embirrava mto com a rapariga e o povo, como embirra mais com o Manuel Serrão, resolveu votar na criatura! Bolas como é que se chamava a porcaria do programa? Foi o debutar da Clara de Sousa no papel de júri e sex-symbol!

    ResponderEliminar
  5. Continuando a mostrar porque ostento o título de Lord of the Google - Marina Rodrigues?

    Google: Manuel Serrão - Ex-miss Portugal - SIC

    ResponderEliminar
  6. Ana Maria Lucas... lololololol

    ResponderEliminar
  7. Obrigada Lord Mak! A minha vida é agora mais feliz e até já deixei de tomar um comprimido para a memória!

    ResponderEliminar
  8. José Sócrates está... para ele próprio! Não sei quem é que aguenta aquela criatura...

    ResponderEliminar
  9. Como este blog parece ser sério o Moyle não vai dizer que o José Sócrates está para... Diogo Infante. Não vale a pena insistir, não digo, orque não se brinca impunemente com a vida privada das pessoas. Ninguém tem esse direito.

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.