2.10.07

O que se ganha com o tempo perdido



Sou um fã de tortura psicológica e agressão mental. Acho que é um passatempo que aplica bem a um franganote como eu e justifica plenamente a criação de um pasquim como este. Além do mais, é a única razão minimamente plausível que tenho para ter passado uma parte da minha tarde domingueira a (re)ver boa parte de um filme que incluia o Sylvester Stallone como guarda-redes, o Michael Caine a não disfarçar uma gravidez avançada usando equipamentos justos e o Pelé mascarado de cidadão de Trinidad e Tobago, falando um idioma que se assemelhava muito vagamente ao inglês.
Metia nazis entusiastas do futebol, metia planos de fuga que fariam corar de vergonha um qualquer Clint Eastwood encarcerado em Alcatraz, metia patriotismo de fazer querer cantar um hino qualquer à mão de semear, metia um abuso do slow motion que era uma coisa parva e metia um descritivo básico de como partir um braço a um tipo, de modo simples usando um estrado de uma cama.
Depois de ver o Pelé a marcar um penalty de braço ao peito e o Stallone a defender um penalty depois de um face a face tipo faroeste com o craque germânico, repensei a minha vida. Tenho de arranjar algo melhor para fazer aos domingos à tarde, nem que seja apedrejar escuteiros.


Now playing - Disposable Heroes of Hiphophrisy - Television, the drug of the nation

11 comentários:

  1. Porque é que não aproveitas o Domingo à tarde para concorrer ao Super Bock Super Blog Awards? Nas categorias "Escárnio e Maldizer" e "Banda Sonora" terás boas hipóteses...

    ResponderEliminar
  2. Ou então, porque é que não aproveitas simplesmente para beber em frente do TV desligado?

    ResponderEliminar
  3. Eu que sou escuteiro, sinto-me ofendido na minha honra. Não somos bons alvos para apedrajamentos já que corremos muito depressa. Eu sempre que não tenho mesmo nada para fazer vou ao melhor blog do mundo que, tirando a publicidade, começa em "É" e termina "a vida".
    Ass: o escuteiro

    ResponderEliminar
  4. Ou porque é que não cortas as pulsos?

    ResponderEliminar
  5. oh minha nossa senhora, a tentacao anda por aqui, que eu sei, pensa que eu nao sei, a minha tentacao, ai caracas da fonte, eee bom que seja homem pra isto, senao ai jesus!

    aquela menina, o pah emagrece por ti, mas se nao emagreceres o que nao falta la...e homens da tua idd e magros com menor probabilidade de contrair um avc.

    ResponderEliminar
  6. Alguém me pode explicar o comentário acima?

    ResponderEliminar
  7. nao posso explicar, desculpa, ee conversa codificada para o rogerio e HB.

    a mesma pessoa do comentario acima

    addicted to something

    ResponderEliminar
  8. Olha sff eu acho que é um comentário que cruza o universo IURD e a cena transsexual... Enfim, branqueamento de palavras e lavagem de substantivos é o que isto é.

    ResponderEliminar
  9. Aqui não se trafica nada e ainda se encobre menos tal é a pobreza material e de espírito dos intervenientes, começando por mim é claro...

    ResponderEliminar
  10. Domingo, diazinho deprimente de facto...Apedrejar escuteiros? Parece-me bem, só tenho uma dúvida...com ou sem fisga?
    E no fim, gamamos o dinheiro da venda dos calendários?

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.