19.6.07

Sugestões não se aceitam




Sempre fui daqueles gajos que achava que o poder da sugestão só tinha impacto visível em pessoas com mentes mais fraquitas ou, sendo simpático, susceptíveis. Isto até ontem.
Hoje acho que estamos todos sujeitos ao poder da sugestão, que é afinal vasto e infinito. É a única justificação possível para eu ter passado boa parte da tarde de ontem a cantar um tema dos Scorpions, banda que abomino em grande escala e que para mim está ao nível das iscas, ou seja, dão-me vómitos.
Como é óbvio já descartei a hipótese de eu ter uma mente muito susceptível. Se assim fosse, o mundo ia acabar amanhã e isso não me dá muito jeito. Mas, se apanho o palhaço que me fez auto-torturar com o “Still loving you” sou gajo para lhe dar uma boa sugestão ou duas sobre sítios onde pode ir meter o seu gosto musical.

9 comentários:

  1. Este blog não pára de me surpreender. Graças aos seus ilustres visitantes, tenho visitado outros blogs. Passo horas de alegria plena a ler pérolas que jamais poderia ter conhecido se não fosse o Mak!
    Muchas gracias!(Peço antecipadamente desculpa pela foto RX que vem estragar o arranjo da página!)

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. há quem sofra do mesmo mal volta e meia mas em versao portuguesa onda choc, e a culpa nao é da sugestao.

    ResponderEliminar
  4. @ cara Estrelinha (sinto-me a Floribella ao escrever isto) - O vocalista original dos AC/DC, pelo q sei morreu sufocado no seu próprio vómito. Infelizmente, os restantes membros da banda escaparam. Mas isto sou eu, que sou maldizente

    @ Cuga - o medidor de ironia está avariado pelo que não posso precisar os índices contidos nas tuas afirmações. Resta-me então a oportunidade de me auto-promover como veículo de cultura e de iluminação das massas, desde que sejam da Nacional é claro.

    @ pala - Onda choque só conheço aquela dos terramotos, tudo o resto foi bloqueado na minha mente.

    @ aisling - Eu mereço, é triste, mas é verdade...

    ResponderEliminar
  5. Still loving you traduzida e comentada
    Tempo,é preciso tempo, para ganhar o teu amor de volta... eu vou estar lá, eu vou estar lá (e a mim que me interessa?!)...
    amor, só amor pode trazer o teu amor de volta um dia destes, eu vou estar lá, eu vou estar lá (lá onde?)...
    Lutar, querida, eu vou lutar para ganhar de volta o teu amor, eu vou estar lá, eu vou estar lá (e insiste...)
    Amor, só amor, pode deitar abaixo estas paredes um dia destes (amor versão Catterpillar)...Eu vou estar lá eu vou estar lá (**dasss, outra vez?!)
    Se fizermos tudo outra vez do principio, eu vou tentar mudar as coisas que mataram o nosso amor (tipo mudar esta voz estridente...)o teu orgulho construiu um muro (UAU! que inveja! é que o meu orgulho não é lá muito dado a engenharias...) tão forte, que eu não consigo passar por ele (se fosses o Coperfield...)Não haverá nenhuma oportunidade de recomeçar de novo?(só se deixares de cantar...)
    já estou a ficar enjoada e ainda só vou a meio da canção... acho que vou terminar por aqui... mas, Mak, devo-te dizer que não é a pior música para ficar insistentemente no ouvido, mal mesmo é quando desatamos a cantar a musica do Trevo, by Jumbo e outras semelhantes que ouvimos nos anuncios... besitos!

    ResponderEliminar
  6. Mas os anúncios são feitos para tu ficares com eles na cabeça. Já os Scorpions foram feitos para nos castigar pelos pecados da humanidade, efeito redobrado para quem se dá ao trabalho de traduzir as letras cara Sónia...

    ResponderEliminar
  7. ...tinha eu 8 anos e já ouvia Scorpions. Já sei que vais dizer pobre mente torturada, não admira agora que.

    Mas tendo em atenção que se o fizeres vou levar a lista das perguntas de férias quando passar aí ao pé de ti.

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.