4.3.07

Eu gosto é do varão

Consta que as aulas do chamado pole dancing ou dança do varão estão cada vez mais em voga entre as mulheres portuguesas. Eu, que desconfiei sempre de benesses como essa, até agora pensava que isso era mais um mito urbano, até conhecer efectivamente quem esteja a tirar umas aulitas e não tenha como local de trabalho um estabelecimento de nome afrancesado que funcione em horário nocturno.
Nada tenho contra esta notícia, antes pelo contrário, acho até que pode dar outro glamour e sensualidade quer a quem queira animar as coisas lá em casa ou até no metro, cheio de varões ali à mão de semear e muita falta de animação para quem, como eu, o utiliza todos os dias. Por isso, jovens dançarinas, se me estão a ler e gostam de um bom desafio, recomendo a linha amarela no percurso Saldanha-Entrecampos ao fim da tarde ou no sentido inverso por volta das 9 e tal da manhã (mais difícil, por estar mais cheio) para mostrarem que ali, no varão do metro, também há talento.
Para que não se enganem, vou tornar a coisa mais fácil: eu vou ser o gajo de chapéu de côco com um “tijolo” ao lado a passar ininterruptamente o “You can leave your hat on” desse trambolho a que se convencionou chamar Joe Cocker.

9 comentários:

  1. Pois só mesmo no metro. Não estou a ver casas com varões para as mulheres colocarem em prática isto!

    Para mim é mais uma maneira ridícula de fazer dinheiro! :-D

    ResponderEliminar
  2. ahahah! tiveste tão bem que tou quase quaseeeee convencida!


    falta o quase!

    (e isto aqui em baixo é um "k" ou um "r"? rais partá Word Verification pá!!!)

    ResponderEliminar
  3. Baby take off your shoes (se não cheirarem a chulé)

    ResponderEliminar
  4. É o perpetuar do ciclo iniciado pelas aulas de dança do ventre. Ainda há de chegar o dia em que as profissionais do amor darão aulas acerca do seu oficio.
    Que seja em breve.

    ResponderEliminar
  5. se gente vestidita no metro já deixa odores que preferimos não sentir destapados, acho que essa sua ideia pode vir a ser no mínimo desagradável. há coisas que devem ficar entre quatro paredes. de betão.

    ResponderEliminar
  6. Prefiro ver-me como um patrono das artes...

    ResponderEliminar
  7. Já vejo a farra nos quartéis dos bombeiros!...

    ResponderEliminar
  8. Sempre é melhor que a fanfarra do quartel de bombeiros...

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.