9.3.07

Dia do Xico Esperto

Tirando de mim próprio, por norma não gosto de gente que tem a mania que é inteligente. Aproveitando para fazer uma analogia com este “Dia da Mulher” que está agora a chegar ao fim, considero que quem precise de estar a mostrar ou a puxar galões por alguma coisa, normalmente é porque está a compensar algo. No caso do dia da gaj... perdão da mulher, é apenas fruto de um lobbie para escoar umas flores entulhadas algures. Para mim (agora é o momento em que evito ser apedrejado virtualmente pelas visitantes do espaço) o dia da mulher é todos os dias, não há cá dias especiais, isto se exluirmos o dia da Criança no qual ainda tenho sempre uma secreta esperança de receber prenda.
Assim sendo, muito provavelmente este dia foi criado por alguém que efectivamente não tem as mulheres em grande conta, mas tem a mania que é esperto. Vejo até o diálogo no Gabinete onde se criam os dias de tudo e mais alguma coisa:

- Ora bem, já temos o da Árvore, o do Livro, o do Atum enlatado, o da Libertação do Chispe, o da Vizinha de cima que me dá suores no elevador, ó Zé vê aí o que falta, que temos aqui uma falha a 8 de Março...
- Epá assim, assim de repente....já temos o do Fato de treino de polyester?
- Não é oficial, mas todos os domingos contam para esse efeito...
- Ah, ok. Olha estava a pensar e se criássemos o da Mulher?
- Da mulher??? Não se criou já tanta coisa boa a pensar na mulher, como o avental, o lava loiça, as revistas sociais e o cabeleireiro?
- Sim claro, mas repara: tenhos os gajos todos das floristas a chatearem-me o juízo, que entre outros, os quéfrôs com as flores, as tiaras, as varinhas de condão e outros gadgets lhe estão a arruinar dias como o dos Namorados.
- Pois, vendo bem as coisas, a minha Emília até fica mais receptiva quando lhe levo flores. É que com esta história das novelas até às tantas, não consigo tirá-la da sala antes da uma e isso lixa-me os ciclos do sono todos.
- Lá está. Então, que me dizes, 8 de Março – Dia da Mulher?
- Põe aí no caderno. Ah, mas vê lá se arranjas uns factos históricos mais credíveis para comprovar a escolha, que da outra vez aquela história do Dia do Orgasmo Mundial pela Paz ficou muito mal contada...

7 comentários:

  1. Mak, Mak, eu já te avisei... Estás a ficar fofo e ser fofo é o contrário de não ser fofo.
    Por este andar, qualquer dia, és apanhado a comprar flores para oferecer à gaja em plena marisqueira... Daí a mudares de nome e chamares-te Carlos Alberto, é um ápice...

    ResponderEliminar
  2. Já agora que seja feriado também. Mas só para as mulheres! :-D

    ResponderEliminar
  3. Dia da mulher é uma estupidez como o dia do pai, dia da mãe, dia do caralho...

    ResponderEliminar
  4. realmente o dia da mulher é uma fantochada.eu por mim lançava já o repto para o próximo ano: que se crie um movimento feminino contra o dia da mulher.
    dia da mulher igual a forma de discriminação encapotada, branqueda e maquilhada.

    ResponderEliminar
  5. ainda nem li o post mas digo já, que estando neste país, o título está errado de certeza, porque se é um tema inspirado numa situação neste país, e se o tema é sobre chic-espertice, então o título devertia ser, o Dia de Mais do Mesmo de Todos los Dias.

    ResponderEliminar
  6. não vou comentar nada porque não me apetece.
    quero só propôr que façamos algo tão pungente, tão pungente que saia daí o Dia Mundial do Blog!

    (ou do blogger, ou do bloguista, ou do blogueiro m'ermão, tanto faz. ridículo por ridículo...)

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.