9.2.07

Preconceitos

Não percebo porque razão é que, cada vez que refiro a algum elemento do sexo feminino que estou a viver sozinho, a primeira ideia visual dela sobre o que está do lado de fora da porta é:





Sendo que, na melhor das hipóteses, esta é a primeira imagem visual sobre o interior da habitação (optei por não incluir roupa interior e loiça suja, porque este blog ainda tem uma réstia de bom senso, escondida algures...):



Boatos de gente mal formada é o que é!

6 comentários:

  1. Eu por acaso não me ocorre a palavra Hell. Depois de ver a imagem ocorrem-me outras dúvidas: Como é que um homem que tem folhetos do pizza hut, pode beber cerveja importada?! Não, a mim não me enganas, não estou perante um cenário infernal (apesar simbologia da vela ser traiçoeira), estamos face à oficina do "Avô Cantigas"!

    ResponderEliminar
  2. Até tem bom aspecto. Mas como designer de interiores devo dizer-te que garrafa de cerveja não é vaso de flores logo pouco decorativo, pelo menos quando está espalhado pela a casa. Se calhar num contexto não ligado a desarrumação talvez funcionasse. Saco de plástico, também não me parece a melhor escolha como centro de mesa, mas se calhar é só o meu gosto pessoal e preconceitos estéticos que me incutiram no estágio. Mas acho os barrotes de madeira e os folhetos de pronto a comer "deliciosos" (decorativamente falando) e a placa HELL muito bonita também, sendo que o gelo mostra que já investias num qualquer sistema de aquecimento, que tal um bidão com fogo lá dentro ao estilo "debaixo de ponte nova-iorquina".

    ResponderEliminar
  3. Ora essa, não é verdade.
    Mas sempre podias colocar a placa "hell" à entrada da porta, ficava giro.

    ResponderEliminar
  4. Pelo menos a garrafa de cerveja está bem arrumada.

    ResponderEliminar
  5. Tanto homem que é bem mais dona de casa que a mulherada

    ResponderEliminar
  6. Pelo amontoar de folhetos de take away e pizzarias, presumo que os dotes culinários não sejam o teu forte!
    Olha, em caso de necessidade extrema uma sopita arranja-se sempre, porque eu sou uma moçoila prendada...

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.