27.1.06

Uma questão de números

Será que quem faz contabilidade criativa, quando vai a uma entrevista de emprego leva portfolio dos seus melhores trabalhos?

Do género: "Como pode ver por esses ficheiros Excel e este livro de contas, consegui durante 3 anos que uma empresa falida recebesse subsídios de apoio ao desenvolvimento sem que ninguém desse por isso..."

Ou ainda "Veja nestes gráficos que eu criei como é possível evadir-se ao Fisco e ter lucros consideráveis, usando uns ofshores nas Ilhas Caimão..."

2 comentários:

  1. Há um festival muito conceituado na área da Contabilidade Criativa. No Festival das Caimão, são premiados os melhores trabalhos com o Balancete de Ouro. Mas a entrega mais aguardada é relativa ao Grande prémio, o Offshore Prix. Isaltino já foi finalista várias vezes mas nunca conseguiu provar que o dinheiro era dele. E é o sobrinho quem ganha sempre.

    ResponderEliminar
  2. Confesso que o conceito de "contabilidade criativa" arrepia-me. Estou no departamento criativo de uma empresa - parto do princípio que consideram-me criativa. Isso, ou não havia outro lugar onde colocarem-me entre as paredes labirínticas de vidro translúcido. Ora se contabilizassem o que faço de criativo, íamos ter problemas. Ou o contabilista iria ter um portfolio original - com gráficos de altos e baixos sem aviso ou explicação prévia.

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.