16.12.05

Separados à Nascença (ok, uns diazinhos depois)

Image hosted by Photobucket.com

O Bom, O Mau e o Vilão podem não ter o mesmo carisma e savoir-faire do saudoso Henrique Mendes que ajudou a unir tantas famílias desavindas (e a afastar ainda mais outras tantas), mas nem por isso desistem de ajudar o próximo. Através do nosso repórter Chispe Reco, concluímos que José Moutinho Garcia Pereira e António Garcia Pereira Moutinho são gémeos separados ainda com dias por uma mamã descuidada que não se lembrava de quantos meninos tinha parido. E numa longínqua manhã nublada saiu à rua com dois bebés e só um regressou. E anos mais tarde enquanto arreava um calhau na mata, o pequeno António aproveitou para fugir enquanto a mamã prosseguiu a sua vida normalmente. E ainda uns dias depois participu num grande gangbang com a selecção angolana de sub-20 de corfebol. Era um bocado sluty, a senhora. De qualquer forma, nessa altura os petizes já haviam sido adoptados por novas mãezinhas extremosas ardentes por os doutrinar cada uma à sua maneira. O Bom, O Mau e O Vilão orgulham-se então de restaurar a verdade sanguínea dos factos e esperemos que o facto de um ser de esquerda e nunca ter visto televisão e o outro ser um dandy do exército que gosta de fazer poses marotas e amaricadas na mesma não obste ao catching up que têm de fazer. Ah, é verdade: os seus verdadeiros nomes são Rábano Jacinto Estilete e Nougat Prepúcio Estilete.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.