19.11.04

Largos dias têm cem anos


"Largos dias têm cem anos" é o título da biografia, ainda não publicada, de Jorge Nuno Pinto da Costa. Não percebo o título e julgo que também não deve ser para perceber. Neste livro Pinto da Costa fugirá um pouco dos meandros do futebol e também dos leandros do mesmo (Leandro A e Leandro B, para os menos esclarecidos, são os dois gémeos baianos que PC comprou no Mercado Modelo em Salvador da Baía para lhe lamberem os tomates). Consta que nesta muita aguardada biografia, Jorge Nuno irá contar também todos os pormenores acerca do seu envolvimento com a actriz Sarita Gargantela que culminou com o assassinato desta pelo guarda Abel. Outro momento importante da vida deste baluarte que todos os leitores anseiam por ver dissecado tem que ver com aquela vez em que resolveu dar a volta à Europa numa Zundapp, não tendo no entanto conseguido passar de Vilar Formoso. Na altura, PC disse que ficou a jogar à lerpa durante dois anos com os guardas fronteiriços, sendo que não conseguiu convencer ninguém. PC prometeu ainda caracterizar alguns vultos da vida política com uma palavra apenas, à boa moda das revistas TV Guia e TV 7 Dias, exemplificando da seguinte forma: Paulo Portas - Inversão. O Governo já se manifestou, anunciando que só permitirá a publicação do livro nos bairros da Pasteleira e da Sé (ambos no Porto), em Macau e nalgumas freguesias dos Açores.

1 comentário:

  1. Jovem visitante, esta é a pior de todas num país de velhos viegas

    jovens? só se forem jovens agricultores quarentões

    ResponderEliminar

Se vais dizer alguma coisa, escreve, não fiques para aí a olhar.